Sesc no Pará

 
Boulevard > Apresentações Artísticas
 
Pássaro Junino Rouxinol se apresenta no Sesc Boulevard 
 

Em clima das comemorações de São João, o Serviço Social do Comércio (Sesc) traz neste sábado (16), às 11h, para o hall do Centro Cultural Sesc Boulevard, a manifestação junina popular, reconhecida como patrimônio imaterial paraense,  Pássaro Junino Rouxinol com a peça “Cruel Destino”. A classificação é livre e a entrada é franca.

Os cordões e pássaros juninos são um tipo de teatro popular organizado espontaneamente pelas comunidades na época de junho. Tratam-se de peças populares e divertidas que envolvem personagens diversos que vão de matutos a nobres, coronéis a indígenas, e que trazem como enredo de fundo uma ave que é perseguida ou capturada por um caçador.

A peça se passa em um lugarejo, onde mora a família do barão Augusto de Monte Real e a família do marquês Felipe de Marmoré. O barão recebe uma carta anônima. Em seu conteúdo, calunia a baronesa Regina de Monte Real de adultério com o marquês Felipe de Mamoré, sendo a princesinha Celimar fruto do suposto caso. O barão havia realizado uma longa viagem e era sabedor da gestação da sua esposa, mas não sabia que aos três meses, a baronesa perdera o bebê. No mesmo dia da perda, deixaram na escadaria do palácio uma criança, que ela resolveu criar na ausência do esposo. Por esse motivo, ao receber a carta anônima, o barão começa a dar a sua família um cruel destino: Prende a baronesa ao calabouço e a princesa Celimar, sua filha de criação, é chicoteada. A princesa apresenta a doença de hanseníase e sofre no calabouço. O marquês Felipe de Mamoré é preso na floresta. Mas a princesinha é curada pela fada e o barão descobre a verdade pela confissão da baronesa e pede perdão a Deus por ter dado aos seus parentes o destino cruel.

O Pássaro Junino Rouxinol foi fundado pelo senhor Joaquim Pontes Souza, o popular “Neco” em 03 de março de 1907. Em 1927, uma senhora de nome Libânia foi a segunda guardiã desse grandioso grupo de Pássaro Junino. Em 1930, senhora professora Julieta Malcher de Castro foi A GRANDE GUARDIÃ desse renomado grupo junino, quando nos dois primeiros anos o Pássaro só foi formado por mulheres. No terceiro ano, contou com entrada de homens, por se incorporarem na maloca personagens de índios guerreiros e matutos. O matuto cearense, que no ciclo da borracha imigrou para o estado do Pará pra trabalhar nos seringais, acabou por ganhar um papel no Pássaro. Foi precursor de indumentárias luxuosas e com penas de emas, sendo o Pássaro que mais ganhou títulos de campeão da quadra junina como a da década de 1960 até 1970 consecutivos, também sendo matéria de uma revista americana nos anos de 1970. Em 1985, o Pássaro Junino Rouxinol deixou de se exibir durante 15 anos por ocasião do falecimento da grande guardiã, a professora Julieta Malcher de Castro.  No ano de 2000, os netos da professora Julieta, Wanderlei de Castro Rodrigues e Adevaldo Antonio de Castro Rodrigues, com a ajuda de seu tio Benedito Moraes Vila Real, o popular “Santico”, trouxeram o Pássaro Junino Rouxinol de volta à quadra junina, com autorizações dos filhos vivos da professora Julieta. Sagrou-se campeão da Fumbel em 2000, e no mesmo ano campeão do estado no concurso realizado no Centur, consecutivamente até 2003. Tetra Campeão do estado do Pará no Centur, foi enredo de uma escola de samba do 1º grupo de Belém, a escola Acadêmicos da Pedreira, bloco Mocidade Independente, além de notícia na revista do HANGAR, ano 1.

Em 2018, o Pássaro Rouxinol, com Adevaldo Antonio de Castro Rodrigues na Presidência de Honra e Raimundo Valle dos Santos na Vice Presidência, apresenta a peça “Cruel Destino’’ em 12 Quadros, escrita pelo saudoso professor Laercio Gomes, o “Caneta de Ouro”, rescrita e adaptada por Wanderlei Rodrigues, com músicas de autoria do Guardião.

 

Serviço:
"Cruel Destino", Pássaro Junino Rouxinol

Data: 16/06/2018
Hora: 11h

Classificação: Livre
Local: Centro Cultural Sesc Boulevard (Boulevard Castilhos França, 522/523)
Informações: (91) 3224-5654 (Centro Cultural Sesc Boulevard)

                        (91) 4005-9584 / 4005-9587 (Coordenação de Comunicação do Sesc no Pará)   
cecomsescpa@gmail.com
www.sesc-pa.com.br
Facebook: Sesc Boulevard

 
 
Publicado em 14/06/2018
 

  Matérias Relacionadas:


SEDE ADMINISTRATIVA

Sesc - Serviço Social do Comércio
Av. Assis de Vasconcelos, nº 359 6º andar
Bairro Campina - CEP: 66010-010
Belém - Pará

 

Central de Atendimento: (91) 4005 - 9519
centralatendimento@pa.sesc.com.br
ouvidoria@pa.sesc.com.br

 


Serviço Social do Comércio — Departamento Regional do Pará       www.sesc-pa.com.br   Todos os direitos reservados