Fecomércio-PA    |    Senac




 

Sábado (27) de literatura feminina no Sesc

 

No universo da literatura as mulheres ainda possuem uma participação bem discreta, mas que vem crescendo ao longo dos anos, embora as obras produzidas por mulheres ainda possuam menos espaço nas prateleiras. Para incentivar o consumo de obras escritas por mãos femininas, em 2014 a autora britânica Joanna Walsh lançou no Twitter a hashtag #readwomen2014. A iniciativa inspirou mulheres no Brasil, que criaram o Leia Mulheres - um clube de leitura voltado à  ler mais autoras mulheres e que atualmente é realizado em 25 cidades. Em Belém, o projeto acontece no Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso e nesse mês será realizado sábado (27), às 15h, com as mediadoras: Josiane Martins Melo, Pamela Raiol Rodrigues e Pamela Soares Alves, debatendo sobre o livro “Carol”, de Patricia Highsmith. A entrada é franca.

O Leia Mulheres faz parceria com editoras, livrarias e instituições, mas não há intermediários. Todo e qualquer contato apenas é feito diretamente pelas gestoras do projeto e pelas mediadoras das respectivas cidades.

Na capital paraense, o clube de leitura deste mês irá apresentar o livro “Carol”, de Patricia Highsmith. A escritora nasceu no Estado americano do Texas, em 1921. Teve uma infância triste e relacionamentos complicados com sua mãe e seu padrasto. Desde pequena cultivou o hábito de escrever diários, nos quais fantasiava sobre pessoas que teriam problemas psicológicos e instintos homicidas por trás de uma aparência de normalidade – tema que seria amplamente explorado em sua obra. Seu primeiro romance, Strangers on a train, publicado originalmente em 1950, tornou-se um êxito comercial e foi adaptado ao cinema por Alfred Hitchcock. Seus livros fogem a classificações e a esquemas tradicionais do romance policial clássico.  Diferentemente do romance policial clássico, a noção de justiça praticamente inexiste em sua obra. Autora de mais de 20 livros, Highsmith recebeu várias distinções, entre elas o prêmio O. Henry Memorial, o Edgar Allan Poe, Le Grand Prix de Littérature Policière e o prêmio da Crime Writer’s Association da Grã-Bretanha.

Em 1952 a autora lançou “Carol”, primeiro romance que aborda uma relação amorosa entre mulheres com um final feliz. O polêmico livro foi publicado na época como The Price of Salt, sob o pseudônimo de Claire Morgan. No livro Therese Belivet vê Carol Aird pela primeira vez em uma loja de departamentos de Nova York, onde trabalha como vendedora. Carol está escolhendo um presente de Natal para a filha e resplandece numa aura de perfeita elegância. Observando-a do balcão, Therese está inteiramente despreparada para o choque de uma epifania erótica e para um amor que será imediatamente condenado por todos. Pois a vida de dona de casa suburbana de Carol é tão tediante quanto o emprego de Therese, e ambas partem para uma jornada sem volta. Em 2015 a obra baseou um filme homônimo dirigido por Todd Haynes.

 

Serviço:

Leia Mulheres, com as Mediadoras: Josiane Martins Melo; Pamela Raiol Rodrigues;  Pamela Soares Alves sobre o livro “Carol”, de Patricia Highsmith.

Data: 27/04/2019

Hora:15h

ENTRADA FRANCA

Local: Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso (Boulevard Castilhos França, 522/523)
Informações:   0800-941-1242 / 4005-9571 (Fale com o Sesc)  

                         (91) 4005-9584 / 4005-9587 (Coordenação de Comunicação do Sesc no Pará )

cecomsescpa@gmail.com  

www.sesc-pa.com.br  

Facebook: Sesc Pará

 

 

 

Publicado em: 22/04/2019

 

Matérias Relacionadas:


 

 

 

Sesc | Serviço Social do Comércio

Departamento Regional do Pará
Av. Assis de Vasconcelos, nº 359
Bairro Campina - CEP: 66010-010
Belém - Pará


Central de Atendimento:
     0800 - 941 -1242
     (91) 4005 - 9591
centralatendimento@pa.sesc.com.br

Ouvidoria

 

Serviço Social do Comércio — Departamento Regional do Pará       www.sesc-pa.com.br   Todos os direitos reservados