Topo

Fecomércio-PA    |    Senac




 

Palco Giratório inicia a 22ª edição em todo o país

 

Circuito nacional de artes cênicas inicia a temporada 2019 em Natal, dia 28 de março.  Serão 642 apresentações de 20 grupos em todos os Estados e no Distrito Federal

O maior circuito brasileiro de artes cênicas, o Palco Giratório, chega a sua 22ª edição com 642 apresentações e 1.382 horas de oficinas, realizadas por 20 grupos artísticos, alcançando 138 cidades brasileiras. O lançamento nacional acontece no dia 28 de março em Natal (RN) com a intervenção musical dos grupos Folia de Rua e Zamberacatu, apresentação do espetáculo “Meu Seridó”, com a atriz Titina Medeiros do grupo Casa de Zoé (RN) e o show “Batuque-se”, de Sueldo Soares. Entre as novidades desta edição está a Cena Expandida – Circuito Especial, que promoverá ações com duração estendida como residências e mapeamento de artistas.

“Há 22 anos, o Palco Giratório promove o trabalho de artistas independentes e manifestações artísticas diversificadas, como dança, circo, teatro, intervenções urbanas e suas interfaces. Além de permitir que os artistas apresentem seus espetáculos em todas as regiões brasileiras, contribui para a formação de público e democratização do acesso à cultura”, destaca Mariana Pimentel, analista de artes cênicas do Departamento Nacional do Sesc.

Os artistas são selecionados por meio de uma curadoria formada por 33 profissionais do Sesc de todo o Brasil. A partir de critérios como diversidade de linguagem, regiões do país, faixa etária e trajetória dos artistas, a curadoria mapeia questões e tendências latentes no contexto atual das artes cênicas brasileiras.       

“A proposta é destacar questões presentes na contemporaneidade por meio da arte: a importância do diálogo, da empatia, do encontro das diferenças, a visibilidade negra, a cultura indígena, as questões do feminino, a diversidade, são algumas das temáticas presentes este ano”, reforça Vicente Pereira Júnior, analista de artes cênicas do Departamento Nacional do Sesc. 

No Pará, o circuito terá duas etapas. A primeira será em abril, trazendo o Espetáculo de Dança R.A.L.E (Realidade Apropriada Libera Evidência) , de Jessé Batista (Maceió /AL), para se apresentar no dia 02/04, às 19h, em Belém, no Centro de Turismo e Cultura Sesc Ver-o-Peso e no dia 08/04, também às 19h, no Sesc em Castanhal. O espetáculo trata de um corpo aprisionado por um sentido político que desfavorece um terço da imensa população brasileira. Não é a questão de permanecer e pertencer àquele lugar, e sim de ser tratado como apenas um mero corpo. Um corpo construído como um dispêndio de energia muscular, em meio a ruas, avenidas, becos, vielas, subidas, descidas, em uma cidade desigual. Ambientes em que um dos maiores desafios do ser humano é sustentar-se perante o seu próprio corpo. A classificação é 10 anos. Além do espetáculo, Jessé também realizará em Belém a oficina “Corpo, movimento e técnica, pesquisa de criação em dança breaking" e em Castanhal a oficina "Técnicas Corporais para exercícios técnicos de movimento".

Ainda em abril, no dia 26/04, às 19h, no Sesc Ver-o-Peso, em Belém, o Grupo Manada Teatro, do Ceará, apresentam o espetáculo teatral "Aquelas". A peça remonta a história de Maria de Bil, santa popular da cidade de Várzea Alegre-CE, assassinada em 1926 pelo seu “companheiro”, transformada em mártir, e até hoje é ícone de devoção do povo da região. No espetáculo, que mistura a história da santa com pessoalidades das intérpretes, o público é convidado a participar do preparo de um indigesto jantar envolvendo facas, carne, sangue e outros elementos, oferecidos à mesa com os corpos das próprias atrizes/performers. Uma encenação delicada e cruel que apresenta, através de quadros performativos, um caleidoscópio das diversas formas de violência de uma sociedade machista. A classificação é 14 anos. No dia seguinte, 27/04, também às 19h, o Grupo Cuíra é o convidado para mostrar ao público e aos artistas do Grupo Manada, o espetáculo teatral "Marias". Com dramaturgia de Edyr Augusto e direção de Saulo A. Sisnando, as dores, as memórias e as buscas de mulheres reais são trazidas ao palco pelas atuações viscerais de cinco atrizes paraenses: Gisele Guedes, Monalisa da Paz, Pauli Banhos, Sandra Perlin e Zê Charone. O espetáculo fala de perdas, de morte. Versa sobre mães que, como Maria, perderam seus filhos para a intolerância e para a violência urbana. Classificação 14 anos.

A segunda e última etapa do Palco no Pará acontece em setembro e traz espetáculos muito especiais. Iniciando com o espetáculo de teatro de papel “Vestido Queimado”, De Soufflé De Bodó Company (Manaus/AM), no dia 02/09 em Belém e 04/09 em Castanhal. O espetáculo é uma narrativa fantasiosa sobre a amizade entre duas pessoas, a peça é resultado de um projeto de pesquisa cênica realizada pelo grupo e  segue a proposta estética do Teatro de Papel (Toy Theater ou Théâtre de Papier), popular entre os séculos 18 e 19. Nesse gênero de teatro, o papel é usado como suporte artístico para a criação de personagens manipuláveis. O Teatro de papel é uma forma estética e prática de contar histórias que interessou bastante aos integrantes da companhia, por seu relativo ineditismo na região Norte. Classificação Livre. O grupo amazonense também ministrará oficina nas duas cidades.

Nos dias 21 e 22 de setembro, em Belém, o espetáculo sensorial de dança para crianças “Tandan!”, da Cia Etc. (PE), trazendo ao público infantil a incrível e inédita experiência de imersão em dança a partir de estímulos táteis, de uma instalação sonora e da interação com bailarinos e bailarinas. Um espetáculo que encara a questão da acessibilidade do espetáculo às pessoas com deficiência visual como estímulo criativo, e não como tradução. “Tandan” tem inspiração nas obras de Helio Oiticica e Lygia Clark, com suas provocações do ato de perceber as artes visuais numa apreciação sensorial mais ampla da obra. É dedicado ao público infantil, especialmente às crianças dos 5 aos 9 anos, e cada criança terá uma experiência individual de 6 minutos. Classificação Livre. A Cia também ministrará oficinas no Sesc Ver-o-Peso.

Finalizando o Palco Giratório 2019 no Pará com muita alegria e diversão, o Grupo Cabaré Das Rachas (Brasília/DF) apresenta o espetáculo “Femi-Clown Cabaré-Show”. A proposta é uma ação multiplicadora de saberes em circo-teatro, que se dá a partir do encontro e das partilhas entre mulheres palhaças e suas criações. É o levante da força, da fúria e da graça das palhaças, num picadeiro feminista e sob a lona dos afetos. Artistas de circo, da poesia, das culturas populares e de rua das cidades são convidados a um encontro com o trio de palhaças do Cabaré das Rachas para esta empreitada político-afetiva do humor e da palhaçaria de mulher. A missão: refletir, escutar, falar e tratar do empoderamento feminino na cena e das etapas de criação de um cabaré de variedades, com linha dramatúrgica coletiva e feminista. Estruturada com a condução do trio Cabaré das Rachas, essa ação resultará no espetáculo que inclui números autorais das artistas locais convidadas, além de números coletivos inéditos. Classificação 12 anos.

Todos os espetáculos e oficinas são gratuitos e após cada apresentação haverá um bate-papo com os artistas e o público.

 O Palco Giratório, reconhecido no cenário cultural brasileiro como um importante projeto de difusão e intercâmbio das Artes Cênicas, intensifica a formação de plateias a partir da circulação de espetáculos dos mais variados gêneros, em todos os estados brasileiros, nas capitais e no interior, desde 1998. Muitos desses espetáculos dificilmente encontrariam, sem o apoio do Sesc, viabilidade comercial para apresentações nas diversas regiões do país.

 

Além de espetáculos para todas as faixas etárias, uma vasta programação de oficinas, festivais, mesas-redondas e palestras é realizada com a participação ativa da comunidade, artistas locais e convidados, promovendo uma troca de experiências enriquecedoras, divulgando o trabalho de profissionais de todo o país e gerando emprego para os inúmeros trabalhadores que atuam no circuito.

Os espetáculos selecionados pela curadoria têm como características a mistura de sotaques, as diferentes expressões artísticas e modos de criação. Apoiar manifestações artísticas voltadas para o desenvolvimento cultural e a democratização da cultura nacional é um compromisso do Sesc.

 

 

Serviço:

Palco Giratório

 

Espetáculo de Dança R.A.L.E (Realidade Apropriada Libera Evidência) , de Jessé Batista (Maceió /AL)

Belém:

Espetáculo

Dia: 02/04/2019

Hora: 19h

Classificação: 10 anos

Oficina “Corpo, movimento e técnica, pesquisa de criação em dança breaking”, com Jessé Batista

Período:

03/04/2019 de 13h às 17h

04 e 05/04/2019 das 09h às 13h e de 14h às 17h30

Faixa etária: a partir de 15 anos

Inscrições: Até 02/04/2019

Local: Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso (Boulevard Castilho França, 522/523)

 

 

Castanhal

Espetáculo

Dia: 08/04/2019

Hora: 19h

Classificação: 10 anos

Oficina “Técnicas Corporais para exercícios técnicos de movimento”, com Jessé Batista

Período:

09 e 10/04/2019 das 18h às 21h

Faixa etária: a partir de 15 anos

Inscrições Abertas até finalizar as vagas

Local: Sesc em Castanhal (Av. Barão do Rio Branco, 10 – Nova Olinda)

 

Espetáculo “Aquelas”, Grupo Manada Teatro (CE)

Belém:

Espetáculo

Dia: 26/04/2019

Hora: 19h

Classificação:14 anos

 

Espetáculo “Marias”, Grupo Cuíra (PA)

Belém:

Espetáculo

Dia: 27/04/2019

Hora: 19h

Classificação:14 anos

 

 

Espetáculo de Teatro de Papel  “Vestido Queimado”,  do Grupo Soufflé De Bodó Company (Manaus/Am)

Belém:

Espetáculo

Dia: 02/09/2019

Classificação: Livre

Oficina

Período: 02 e 03/09/2019

Local: Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso (Boulevard Castilho França, 522/523)

 

Castanhal

Espetáculo

Dia: 04/09/2019

Classificação: Livre

Oficina

Período: 05 e 06/09/2019

Local: Sesc em Castanhal (Av. Barão do Rio Branco, 10 – Nova Olinda)

 

Espetáculo de dança sensorial  “Tandan”, da Cia. Etc. (Recife/PE)

Belém:

Espetáculo

Dia: 21 e 22/09/2019

Classificação: Livre

Oficina

Período: 19 e 20/09/2019

Local: Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso (Boulevard Castilho França, 522/523)

 

Espetáculo  “Femi-Clown Cabaré-Show”, Grupo Cabaré Das Rachas (Brasília /DF)

Belém:

Espetáculo

Dia: 29/09/2019

Classificação: 12 anos

 

ENTRADA E INSCRIÇÕES GRATUITAS

Informações: (91) 4005-9581 / 0800-941-1242 (Fale com o Sesc)

                       (91) 4005-9584 / 4005-9587 (Coordenação de Comunicação do Sesc no Pará)

cecomsescpa@gmail.com

www.sesc-pa.com.br

Facebook: Sesc Pará

 

 

 

 

 

 

 

Publicado em: 22/03/2019

 

Matérias Relacionadas:


 

 

 

Sesc | Serviço Social do Comércio

Departamento Regional do Pará
Av. Assis de Vasconcelos, nº 359
Bairro Campina - CEP: 66010-010
Belém - Pará


Central de Atendimento:
     0800 - 941 -1242
     (91) 4005 - 9591
centralatendimento@pa.sesc.com.br

Ouvidoria

logo do Sesc
link para o site da Fecomércio Pará link para o side do Senac no Pará

 

Siga-nos

Serviço Social do Comércio — Departamento Regional do Pará       www.sesc-pa.com.br   Todos os direitos reservados